Alunos do Anglo de Jales participam do III Café Filosófico -
Alunos do Anglo de Jales participam do III Café Filosófico

“O homem é um animal político”. É com essa máxima de Aristóteles que foi feito uma reflexão do que foi abordado na 3.ª edição do Café Filosófico dos Colégios Anglo de Jales e CooperJales Objetivo, organizado pelo professor de filosofia Wilie Schio Barbos, com a participação dos alunos.
O debate realizado na Câmara Municipal de Jales no dia 9 de setembro, sexta-feira contou com a presença do sociólogo e professor Dr. Carlos Antonio Gomes, Mestre e Doutor pela Unicamp, Coordenador de Projetos Educacionais Fundunesp, do advogado Dr. Carlos Alberto Expedito de Brito Neto, atual Conselheiro Estadual da OAB, Presidente da Comissão de Controle Social de Gastos Públicos da OAB, Coordenador do Fórum da Cidadania de Instância Comunitária da Sociedade Civil de Jales, além do professor de geografia Herivan Ximenes, professor da rede particular de ensino, os quais trataram conteúdos relacionados à Reforma Política no Brasil.
Os principais aspectos discutidos pelos debatedores foram: a definição do sistema eleitoral, financiamento de campanhas, coligações partidárias, cláusula de barreira, voto obrigatório, bem como o sistema democrático brasileiro representativo e formal, educação e cidadania, além de determinadas mazelas sociais, como a corrupção em diversas esferas do poder e da sociedade.
Durante o Café Filosófico, os convidados destacaram que a Reforma Política tem por objetivo propor emendas constitucionais, que visam a melhoria do sistema eleitoral nacional, proporcionando, segundo seus defensores, maior correspondência entre a vontade do eleitor ao votar e o resultado final das urnas. Assim, pode ser considerada um movimento social imprescindível para se iniciar um processo de crescimento real e verdadeiro na qualidade da política brasileira.
Por outro lado, os palestrantes enfatizaram a atual conjuntura do processo democrático brasileiro, destacando a necessidade de união e de uma reformulação que mobilize a sociedade, no sentido de ativismo e conscientização social e política, superando uma democracia de “fachada” e atrasada, que conta com inúmeros “politiqueiros” que visam à perpetuação de poder e à continuidade das manobras de interesse particular.
Ainda na programação do Café Filosófico, os integrantes da Banda Bermuda Branca e também alunos do Colégio Anglo de Jales, Heitor Soler Santiago e Gabriel Vilar Cassimiro tocaram e cantaram as músicas: Que País é Este? (Legião Urbana) e Inútil (Ultraje a Rigor).
Posteriormente, os jovens estudantes passaram a formular perguntas a respeito do tema. Houve uma excelente interação entre eles, o que, sem dúvida, proporcionou-lhes crescimento significativo e crítico.
Para concluir o encontro, os debatedores encerraram com palavras de esperança em relação a Reforma, lembrando que a sociedade não deve ser “idiota” (denominação que se dava na Grécia Antiga às pessoas que não se interessavam ou não participavam de assuntos públicos), uma vez que haveria um retrocesso das conquistas alcançadas nas últimas décadas.
As alunas: Elis Caroline da CooperJales Objetivo, Laís Rossafa de Paula e Maria Eduarda Rodrigues do Colégio Anglo Jales presentearam cada um dos debatedores.

Anglo Jales
Rua 9, 1906 - Vila Rodrigues - Jales - SP - CEP: 15703-234
Tel: (0xx17)-3622-1628 - e-mail: sec.anglo@anglojales.g12.br